Páginas

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Caminhada e Missa marcam a passagem dos 40 anos da morte de Pe. Jerônimo Lauwen

Uma caminhada seguida de missa foi realizada no início da manhã desta quinta feira, 31/12,  para relembrar os 40 anos da morte do Padre Jerônimo Lauwen que abalou a Paróquia na noite de 31 de dezembro de 1974.

Vários fiéis se concentraram na Igreja Matriz de Santa Luzia às 04 horas da manhã e saíram em caminhada rumo ao cruzeiro fixado no local onde ocorreu o acidente que matou o padre Jerônimo Lauwen na rodovia Anísio Marinho.

Ao chegarem no cruzeiro os fiéis participaram da Santa Missa. A celebração foi presidida pelo Padre Elias Ramalho Gomes, administrador paroquial, e concelebrada pelo padre santaluziense e administrador da Paróquia São José, Padre João Evangelista da Nóbrega Neto. Depois da celebração aconteceu um café da manhã elaborado a partir das doações dos próprios participantes. Os fiéis voltaram de ônibus para Santa Luzia.

A IMPORTÂNCIA DO PADRE JERÔNIMO LAUWEN PARA PARÓQUIA SANTA LUZIA

Vindo da cidade holandesa de Hoeven, o padre da Congregação dos Lazaristas Johannes Cornelis Lauwen, que adotou o nome de Padre Jerônimo, passou pelas cidades de Fortaleza, Caicó, Mossoró, São João do Sabugi e Fagundes até chegar ao município de Santa Luzia no dia 14 de maio de 1961. Se instalando na paróquia logo conquistou a simpatia dos católicos pelo seu modo simples de ser, sua facilidade de integração ao povo e sua participação na vida da cidade.

Em 1970, para suprir a necessidade de um professor de inglês, aceita assumir a disciplina na Escola Estadual que, anos mais tarde, viria a ter seu nome. Também foi professor de matemática em outra escola da cidade. São muitos os relatos de ocasiões em que o padre dispunha os bens materiais da paróquia ao serviço dos necessitados. Conselheiro, amigo e de espiritualidade muito intensa também favoreceu o afloramento de uma religiosidade muito viva no povo de Santa Luzia. Além disso, são muitos os relatos de pessoas que batizaram seus filhos pelo nome de Jerônimo.

Na noite de 31 de dezembro de 1974 os fiéis na Igreja Matriz de Santa Luzia estranhavam a demora do Padre Jerônimo em chegar de Várzea para celebrar a missa. Viria a triste notícia que, ao retornar da missa em Várzea, o automóvel jipe em que viajava teria capotado naque rodovia causando a morte do padre. Em meio a total comoção do povo católico santaluziense, o corpo do Padre Jerônimo Lauwen foi sepultado na Igreja Matriz de Santa Luzia.

Em 2014, se estivesse vivo, Padre Jerônimo Lauwen estaria completando 100 anos de nascimento. No mês de abril de 2014 a paróquia realizou, juntamente com amigos do padre, uma programação para celebrar o centenário de seu nascimento.
:

0 comentários:

Postar um comentário