Páginas

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Paróquia reúne entidades para debater medidas de compensação por impactos ambientais associados à instalação do Parque Eólico

A Paróquia Santa Luzia realizou, no último sábado, 22 de julho de 2017, no Centro Pastoral, uma reunião para tratar da questão das possíveis medidas de compensação dos impactos ambientais gerados pelo processo de instalação do Parque Eólico. 

Estiveram presentes o representante da coordenação diocesana do Setor Social, representante da Comissão Pastoral da Terra, dirigentes do CERSA (Comitê de Energia Renovável do Semiárido), Central das Associações do Vale do Sabugi e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Na reunião foi debatido um panorama sobre a política de instalação de parques eólicos e sobre medidas que podem ser estabelecidas para compensar os impactos ambientais decorrentes da instalação destes parques, bem como ações de responsabilidade social que as empresas podem realizar em parceria com as comunidades onde estes parques são instalados.

Uma agenda de trabalho será desenvolvida o que inclui um amplo debate que será realizado com as empresas do setor de energia eólica, sociedade civil e poder público.

A ideia fazer com que o Vale do Sabugi possa acessar a riqueza gerada pela exploração econômica destes recursos naturais, que são patrimônio do povo, e que deve trazer como retorno o desenvolvimento social e econômico.
:

0 comentários:

Postar um comentário