Páginas

sábado, 13 de julho de 2019

Teve início o Congresso Missionário Diocesano. Saiba como foi a abertura.

Com o título “Discípulos e discípulas missionários para uma igreja em saída”, teve início na noite de ontem, sexta-feira (12), na UNIFIP, em Patos, o 1º Congresso Missionário Diocesano. Segundo a coordenação, cerca de 1.500 leigos e leigas vindos de todas as Paróquias da Diocese participaram da solenidade de abertura.

A cerimônia de abertura teve inicio às 19h30 no ginásio da UNIFIP com a participação da quase totalidade do seu clero e com as presenças do arcebispo da Paraíba, D. Manoel Delson; além de D. Esmeraldo Barreto de Farias – Bispo auxiliar de São Luiz/MA e D. Magnus Henrique Lopes – Bispo diocesano de Salgueiro/PE.

Em sua fala, na cerimônia de abertura, o bispo diocesano, D. Eraldo Bispo da Silva, fez uma saudação a todos os representantes da mesa solene de abertura, em especial aos senhores bispos conferencistas e agradeceu à UNIFIP, representada pela senhorita Alana Candeia e a todos os apoiadores. Agradeceu ainda aos padres Espedito Caetano, coordenador diocesano de pastoral, ao padre Elias Ramalho, coordenador das equipes do evento e a todas as pessoas que se doaram para esta realização.

Após a fala do bispo diocesano, o Chanceler da Cúria, Padre Rodrigo Trindade, leu uma carta enviada pelo núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni d´Aniello, justificando a sua ausência no Congresso Missionário e ao mesmo tempo parabenizando a realização do evento.

Dom Esmeraldo Barreto de Farias, bispo auxiliar de São Luiz, foi o primeiro conferencista do congresso que tratou de forma dinâmica e com propriedade o tema “Discípulos e Discípulas Missionários para uma Igreja em Saída“. Em sua explanação Dom Esmeraldo destacou que a missão nasce do coração de Deus e que somos chamados, enquanto igreja, para num ato de compaixão, irmos ao encontro das pessoas que mais necessitam, sobretudo aquelas que encontram-se nas periferias humanas e existenciais.

O Congresso Missionário também proporcionou um importante momento cultural com a apresentação especial do Coral da Catedral de Nossa Senhora da Guia.

Uma representação de todas as irmãs religiosas presentes e atuantes no território da diocese de Patos, Coordenou a oração de encerramento do primeiro dia do Congresso Missionário.

Após o encerramento, foi concedida uma entrevista coletiva aos meios de comunicação sobre o congresso e a realidade atual da igreja.

O Congresso continua neste sábado com oficinas temáticas e conferências ao longo do dia. À noite acontece show com o santaluziense Pe. José Vanildo e o Pe. Evandro Romero ao lado da Catedral de Patos.
:

0 comentários:

Postar um comentário